Como atualizar o Angstrom para a Beaglebone no Mac

Recentemente adquiri uma BeagleBone que já vem com uma imagem da distribuição linux Angstrom. Após brincar um pouco com a placa, resolvi atualizar para última versão disponível da distribuição. Contudo, não foi tão trivial pegar a imagem que é gerada no formato img.xz e gravá-la no cartão SD, já que utilizo o Mac.

Nesse post, veremos como instalar a ferramenta necessária para gravar a imagem no cartão SD afim de atualizar o Angstrom para sua última versão.

Para gravarmos a imagem do Angstrom no cartão SD, primeiro precisamos baixar uma cópia de sua última versão. A última imagem disponível pode ser encontrada aqui e sua última versão, no momento que escrevo o post é a Angstrom-Cloud9-IDE-eglibc-ipk-v2012.02-core-beaglebone-2012.02.14.img.xz.

Enquanto é feito o download da imagem que tem 142MB, vamos instalar a ferramenta xz que será utilizada para gravar a imagem no cartão SD. O site oficial da ferramenta é esse e a versão para o Mac pode ser encontrada nesse link. Após baixar, é necessário executar o instalador para que o xz seja instalado.

Agora que temos o xz e a imagem do Angstrom, podemos gravar a imagem no cartão SD. Coloque o miniSD no adaptador e insira no seu Mac, em seguida, antes de iniciar a gravação, precisamos assegurar que o cartão está desmontado. Para isso abra um terminal e execute o comando

mount

Para verificar em qual disco o cartão SD está montado, no meu caso o disco foi montado no caminho “/Volumes/BEAGLE_BONE”, em seguida desmonte o cartão com o comando

diskutil umountDisk /Volumes/BEAGLE_BONE

Ao identificar o caminho, execute o comando

diskutil list

Para verificar o identificador do sistema para o cartão SD, no meu caso foi “disk1″, repare que no inicio da linha que mostrava o ponto de montagem do cartão no comando mount deve ser o mesmo identificado no comando diskutil list.

Finalmente, podemos iniciar o procedimento de gravação da imagem no cartão SD, para isso execute o seguinte comando

xz -dkc Angstrom-Cloud9-IDE-eglibc-ipk-v2012.02-core-beaglebone-2012.02.14.img.xz > /dev/disk1

O processo de gravação é um pouco demorado e leva em torno de 30 minutos. Após completar a gravação é só colocar na BeagleBone e bootar o sistema.

Esse post inicia um novo assunto aqui no blog. Aguardem por novos posts sobre Linux Embarcado e BeagleBone.

Fonte: http://www.nunoalves.com/open_source/?p=90

  • http://www.nunoalves.com nuno alves

    muito legal! obrigado pelo link! um abraço.

  • Fabio Rueda

    Parabens pelo post! Ótimo!

    Aproveitando… você poderia informar em que site você comprou a sua BeagleBoard? Chegou a ser parado na alfandega e ter que pagar aqueles impostos nada desejados?

    Abraços!

  • http://elyezer.com Elyézer

    @Fabio

    Obrigado, fico muito feliz que tenha gostado do post.

    Eu comprei no site da Digi-Key (http://www.digikey.com/product-highlights/us/en/texas-instruments-beagleboard/685#tabs-4) e tive que pagar o imposto sim. O valor fica em torno de R$ 350,00 a R$ 400,00 para pedir uma placa. O imposto e frete deixam ela um pouco cara para pedir, porém vale o investimento.

    Em breve pretendo estar falando um pouco mais sobre a placa.